Regulamento

Regulamento
Liga SuperFutsal 2012/2013
Elementos da Organização:
- Fábio Sousa – Vai Avante;
- Jorge Costa – Real Portvscale;
- Nuno Cardoso - Amigos FC
- Rui Rebelo - J04

ESTE REGULAMENTO FOI VOTADO E APROVADO POR TODAS AS EQUIPAS QUE COMPÕEM A LIGA SUPERFUTSAL 2012/2013


1. A Liga

1.1 - A Liga SuperFutsal é uma competição composta única e exclusivamente por equipas amadoras de futsal. O Fair Play, a Responsabilidade e o Rigor são condições indispensáveis para o seu bom funcionamento!

1.2 - A Liga SuperFutsal não funcionará em regime de exclusividade por parte das equipas. Fazendo parte desta Liga, as equipas poderão participar noutras Ligas e Torneios e outros eventos. Terão, no entanto e obrigatoriamente, que cumprir com todos os regulamentos e calendários definidos pela LSF sob pena de sofrerem as penalizações constantes no regulamento.

1.3 - Ao longo da época serão convocadas Reuniões Gerais da Liga (RGL) a fim de debater/decidir sobre assuntos que se tornem capitais, tais como definição dos calendários de jogos e arbitragens para a Liga e para a Taça. As RGL’s serão agendadas com pelo menos 48h de antecedência, havendo uma tolerância de atraso de 15 minutos até se iniciarem os trabalhos. A presença nestas reuniões tem um carácter obrigatório e a falta sem a devida justificação escrita no prazo de 48 horas, implicará:
- Perda de 1 ponto na Classificação Geral (CG) e 5€ de multa na 1ª falta, 
- Perda de 2 pontos na CG e 5€ de multa na 2ª falta 
- Perda de 3 pontos na CG e 5€ de multa na 3ª falta e seguintes. 
Os atrasos e faltas de comparência não vão interferir com as decisões tomadas. Após os 15 minutos de tolerância a reunião será iniciada e todos os temas debatidos e votados por todos os presentes (se necessário) não serão revistos!

1.4 - Nas RGL’s haverá temas a debater que, para se chegar a um consenso, a uma conclusão, será necessária a votação das equipas presentes. A decisão maioritária (mais de 50% dos votos) será a considerada para efeitos regulamentares.
Como temos uma assembleia com 12 membros, um empate a 6 votos (50%) é um cenário perfeitamente possível. No caso de decisões administrativas, os 50% a favor não serão suficientes para que algo seja aprovado, pelo que a “nova regra” em discussão simplesmente não avança.

1.5 - Uma situação muito sensível em todas as competições do FFA acaba sempre por ser a arbitragem dos jogos oficiais. A organização da Liga SuperFutsal tentará melhorar quer a actuação das equipas de arbitragem, quer as reacções que jogadores e outros intervenientes acabam por ter. É responsabilidade das equipas e dos seus responsáveis actuar preventivamente nesse sentido, incutindo nos seus atletas a imperatividade do bom senso e educação.
É expressamente proibido comentar arbitragens, decisões disciplinares e administrativas no Fórum da LSF ou em qualquer outro formato internáutico ligado às equipas intervenientes na LSF, de forma negativa, irónica e/ou insultuosa. O desrespeito deste ponto resultará em castigo de 1 a 3 jogos e multa de 5€ a 15€.

1.6 – Por decisão da Reunião Geral da LSF 2010/2011, foi criado o Conselho de Disciplina (CD) da LSF.


_____1.6.1 – O CD é composto por 3 (três) elementos, ligados às equipas intervenientes na LSF, inscritos ou não;

_____1.6.2 – Para a época 2012/13 foram propostos e aceites os seguintes conselheiros: Carlos Rêgo, Pedro Valente e Salvador Monteiro;

_____1.6.3 – Ao CD compete a decisão de todas as questões de disciplina relacionadas com o funcionamento da LSF relativamente a atletas, equipas e demais intervenientes;

_____1.6.4 – Qualquer membro do CD deve ser totalmente isento e exemplar nos seus actos. Em caso de envolvimento em actos de indisciplina grave (Agressão, tentativa de agressão e/ou insultos) devidamente relatados pela equipa de arbitragem ou por outros elementos do CD, deverá ser automaticamente excluido do CD, mesmo antes da decisão final do castigo a aplicar. 

_____1.6.5 - A substituição de qualquer membro do CD deverá fazer-se obrigatoriamente através de votação. A unanimidade nos votos é aconselhável, mas não fundamental. Caso não consiga chegar a uma unanimidade, dever-se-á chegar a uma decisão maioritária, de modo a que o CD complete a equipa obrigatória de 3 elementos.

_____1.6.6 – Os membros do CD poderão fazer parte das equipas de arbitragem dos jogos da LSF e integrar qualquer mesa de jogo;

_____1.6.7 – É obrigação e dever dos membros do CD relatar qualquer acontecimento relevante em termos de disciplina que tenha presenciado e que não tenha sido incluído no relatório de arbitragem desse jogo;

_____1.6.8 – Sempre que houver matéria da sua competência para castigo(s) ou multa(s), o CD tem a obrigação de publicar a devida explicação dos mesmos;

_____1.6.9 - Ao CD caberá aplicar castigos de acordo com o Regulamento da LSF, tendo a liberdade para julgar situações não especificadas neste regulamento de forma a zelar pelo bom funcionamento da LSF. 

_____1.6.10 – Em casos excepcionais devidamente justificados, o CD poderá suspender preventivamente o atleta/equipa em causa até emitir uma decisão definitiva sobre o processo;

_____1.6.11 – Todas as decisões serão publicadas no fórum da LSF no tópico "Conselho de Disciplina";

_____1.6.12 – As decisões do CD são susceptíveis de recurso mediante o pagamento de 10,00€ e no prazo máximo de 48h após a sua publicação;

_____1.6.13 – Em caso de recurso, o CD tem a obrigação de tornar público, a todas as equipas que compõem a LSF, o relatório de arbitragem e todas as provas (em vídeo) que existam sobre o respectivo caso;

_____1.6.14 - Todo e qualquer recurso será votado por todas as equipas da LSF. Cada equipa só terá direito a um voto. A decisão será encontrada por maioria (mais de 50% dos votos). Se houver lugar a empate nos votos, o recurso é considerado indiferido.

_____1.6.15 - Se a decisão do recurso for favorável à equipa recorrente, ser-lhe-ão devolvidos os respectivos 10,00€ pagos inicialmente;

_____1.6.16 – As decisões provenientes de Recurso são definitivas!


2. Modelo Competitivo e Equipas


2.1 - A LSF comportará doze (12) equipas e a competição assumirá duas Fases:

_____2.1.1 - Fase Regular - Campeonato a duas (2) voltas

_____2.1.2 - Fase Final de Playoffs - A Classificação final será definida através de Playoffs, da seguinte forma:

Imagem


_____2.1.3 - Em paralelo, disputar-se-á a Taça e Mini-Taça da LSF, nos seguintes moldes:

Imagem


_____2.1.4 - A LSF terá a seguinte agenda para a época 2012/2013

Imagem


2.2 - Cada equipa deverá fazer a sua inscrição nos seguintes moldes:
_____2.2.1 - Enviar aos responsáveis da Liga:
__________a) Listagem dos jogadores (com o nome completo, número da camisola, fotografia legível e actualizada), num máximo de vinte (20) elementos;
__________b) Podem inscrever ainda 1 Treinador, 1 T-Adjunto, 3 Delegados e 1 Massagista que deverão igualmente ser incluídos na Ficha de Inscrição com indicação do nome completo e fotografia legível e actualizada; 
__________c) A data e hora limite para a entrega desta listagem será as 23:59h do dia vinte (20) de Setembro de 2012 e as equipas que não cumprirem com a data e hora estipuladas serão imediatamente excluídas da competição;

_____2.2.2 - Para cada jogo, na respectiva ficha, cada equipa pode inscrever:
__________a) Até 12 jogadores; 
__________b) 3 elementos em cargos técnicos;
__________c) Na substituição de qualquer elemento técnico poderá ocupar o seu lugar um jogador inscrito que não participe no jogo desde que não esteja impedido por motivos disciplinares. 
__________d) Indicar o repórter de imagem (RI). O RI não pode ocupar lugar no banco ou interferir de qualquer forma no desenrolar da partida, devendo cumprir as indicações dadas pela equipa de arbitragem.

_____2.2.3 - Efectuar o pagamento no valor de Sessenta Euros (60€) correspondente à inscrição na Liga SuperFutsal. 
__________a) A data e hora limite para o pagamento da inscrição será as 23:59h do dia vinte (20) de Setembro de 2012.
__________b) Se a essa data alguma das equipas ainda não tiver o pagamento regularizado será imediatamente excluída da competição, ficando ao critério da organização tentar angariar novas equipas ou dar início à competição.

_____2.2.4 - Haverá durante a época apenas um período extra para inscrição de jogadores. 
__________a) A inscrição poderá ser feita até às 23:59h do dia 31 de Dezembro de 2012;
__________b) Os jogadores inscritos nesta circinstância só poderão alinhar pelas suas equipas a partir da 12ª Jornada;
__________c) As alterações em cargos técnicos poderão ser efectuadas em qualquer altura no máximo de duas (2) substituições por cargo.
__________d) Não pode, em qualquer circunstância, o número de inscritos ultrapassar o definido no ponto 2.2.1.

2.3 - Actualmente as equipas constantes na competição, e por ordem alfabética, são as seguintes:
_____- AC Gaia;
_____- Amigos Futsal Clube – Amigos FC;
_____- Associação Vai Avante – A. Vai Avante;
_____- Fox Futsal;
_____- Futsal Clube de Matosinhos – FC Matosinhos;
_____- Grupo Desportivo SolNascente – GD Solnascente;
_____- J04
_____- Juventude Portuense
_____- Palankas
_____- Real Portvscale - RPC;
_____- Tarrafal United – TRFL Utd;
_____- União Douro


2.4 - Os 60€ de inscrição têm como finalidade o pagamento das taças e troféus a entregar a todas as equipas no final da época e outras despesas inerentes a toda a organização, mediante o Plano Orçamental para a época 2012/2013.[/i]

Imagem

2.5 - O valor da inscrição jamais, em circunstância alguma, será devolvido a qualquer equipa, mesmo que esta seja excluída (pelos seus pares) ou desista da presente edição da prova.

2.6 - O relatório de receitas e despesas estará constantemente publicado num tópico próprio, criado para o efeito no Fórum da LSF, tornando toda a informação acessível e clara.

2.7 - A entrega das Taças e Troféus às equipas será efectuada no dia das Finais da Mini-Taça e Taça SuperFutsal, excepto o Troféu de Vencedor da Liga SuperFutsal, que tentar-se-á entregar no último jogo em casa da equipa vencedora.


3. Os Jogos

3.1 - Os jogos da Liga SuperFutsal serão arbitrados tendo em conta as Leis de Jogo de Futsal da FIFA para a época 2012/2013.
Devem as equipas actualizar-se no site da FPF em http://www.fpf.pt onde podem consultar as leis de jogo e comunicados oficiais mais recentes relativos a esta matéria.

3.2 - Cada equipa da Liga será também responsável pela arbitragem de vários jogos no decorrer da competição. Será feito um sorteio, posteriormente analisado, para que cada equipa responsável por arbitragens não fique com jogos marcados em simultâneo e para que o número de arbitragens por equipa seja equitativo, não prejudicando ninguém.


3.3 - Considerando que a Liga SuperFutsal se trata de uma competição composta por equipas amadoras, com espaços alugados e não espaços próprios, terão que se considerar os seguintes pontos:

_____3.3.1 - Os jogos terão uma duração de 40 minutos, com duas (2) partes de vinte (20) minutos de tempo corrido. A cada meio tempo deve-se acrescentar os Tempos Mortos se solicitados pelas equipas.

__________3.3.1.1 - Em cada parte, cada equipa tem direito a um Tempo Morto com duração de um (1) minuto. O intervalo durará cinco (5) minutos.
Os árbitros deverão ter em conta o aluguer da hora para que o tempo de jogo não ultrapasse o tempo estipulado. Se for caso disso o intervalo poderá ter que ser de menor duração.


_____3.3.2 - Nos jogos em que è necessário haver vencedor (por exemplo final taça) no final dos quarenta (40) minutos passar-se-à imediatamente ao desempate através da marcação de grandes penalidades (5+5 e seguintes se necessário até desempatar).

_____3.3.3 - Os dias e horários dos jogos serão de acordo com a disponibilidade de pavilhão por parte das equipas inscritas. Essa disponibilidade deverá ser comunicada à administração da LSF aquando do envio da documentação referente à inscrição da sua equipa, para ser possível a organização do calendário de jogos e arbitragens.

__________3.3.3.1 - As alterações definitivas de pavilhão e/ou horários deverão ser comunicadas à administração da LSF com, no mínimo, sete (7) dias de antecedência sobre a data de realização do jogo como equipa visitada em que se verifique a alteração, de forma a que sejam adaptados os calendários respectivos.

_____3.3.4 - As equipas apenas serão responsáveis pelo seu pavilhão no que diz respeito à hora que está alugado e à realização do jogo marcado. Qualquer imprevisto logístico do espaço não deverá ser imputado à equipa em si. Por exemplo a fraca qualidade do taco, a impossibilidade de abertura das galerias para assistência ou falha de água quente nos balneários. Cada equipa deverá procurar o pavilhão que apresente melhores condições possíveis, mas não será responsabilizada nestes casos devendo, no entanto, pressionar da melhor forma possível para tais factos não se prolongarem no tempo.

_____3.3.5 - As equipas que jogam em casa deverão assumir o custo do aluguer da hora em que se desenrolará o jogo. Assim, quando se deslocarem a casa do adversário não terão que efectuar qualquer pagamento. 

__________3.3.5.1 - Em jogos a contar para a Taça da Liga SuperFutsal o custo do aluguer será a dividir pelas duas (2) equipas, bem como 3º, 4º e 5º jogos de cada jornada dos Playoffs.

__________3.3.5.2 - Em qualquer das competições, fica estipulado que a equipa da casa cede a posse de bola e escolhe o campo.

_____3.3.6 - Os jogos têm que se iniciar no máximo de dez (10) minutos após a hora marcada.

__________3.3.6.1 - No caso de uma das equipas não se apresentar neste período pronta a iniciar a partida, o jogo não se realizará e será aplicada derrota por 3-0 e multa de 5€ a 25€.

__________3.3.6.2 - Qualquer equipa que atinja três (3) faltas de comparência seguidas ou cinco (5) interpoladas, será excluída da competição.

_____3.3.7 - Nos bancos dos Substitutos e junto da Superficie de jogo apenas poderão estar presentes os elementos mencionados no ponto 2.2.1.

__________3.3.7.1 – Os jogos iniciam-se com um mínimo de cinco (5) jogadores por equipa, incluindo o GR e o capitão;

__________3.3.7.2 – Caberá à equipa visitada mudar o equipamento ou utilizar coletes numerados que distingam os seus jogadores dos da equipa visitante, obrigatoriamente.

__________3.3.7.3 – Os GR devem ter camisola de cor diferente de todos os restantes jogadores;

__________3.3.7.4 – Não sendo aconselhavel, os jogadores devem evitar jogar com adereços, tais como brincos, piercings, colares, pulseiras, etc. que coloquem em perigo a sua segurança e a dos restantes intervenientes, bem como devem promover o uso de caneleiras;

_____3.3.8 - Acompanhantes e adeptos deverão assistir ao encontro nas bancadas/galerias de modo a não interferir com o normal desenrolar do encontro. A equipa de arbitragem deve fazer cumprir este ponto no início dos jogos.

__________3.3.8.1 - A infracção deste ponto e desrespeito pelas indicações da equipa de arbitragem devem ser mencionados no relatorio do jogo, incorrendo em multa de 5€ a 15€.

_____3.3.9 - Todos os jogos terão que se realizar entre 2ª e Sábado. De 2ª a 6ª feira os jogos terão que ter início a partir das 21 horas e até às 23h (terminando às 24 horas) e ao Sábado a hora de início será a partir das 19h até às 23h (terminando às 24 horas). 

__________3.3.9.1 - Não haverá lugar a adiamentos de jogos, excepto se acordado previamente pelas três (3) equipas envolvidas e com anuência da Administração da LSF até 48h antes da data e hora agendada.

__________3.3.9.2 - Em casos de pavimento húmido/escorregadio, deverá haver o bom senso de ambas as partes, cabendo à equipa de arbitragem a decisão final. No caso de haver adiamento, este não deverá ultrapassar os sete (7) dias após a data inicial, sob pena de derrota (0-3) para a equipa da casa.

_____3.3.10 - A Ficha de Jogo de cada encontro è providenciada pela equipa de arbitragem. A Organização facultará a todas as equipas uma pasta com a Ficha de Inscrição de cada equipa. Os árbitros, antes de cada jogo, deverão comprovar se os jogadores presentes correspondem às fotografias fornecidas pelas mesmas, assinalando no documento apenas os que estão presentes.

_____3.3.11 - Jogadores não inscritos não jogam! Um jogador, inscrito, que chegue com o jogo a decorrer só poderá entrar na superficie de jogo após ser identificado pelo elemento da equipa de arbitragem que se encontra na mesa que dará conhecimento ao árbitro da partida..

_____3.3.12 - A equipa de arbitragem terá que se apresentar no recinto, no mínimo, cinco (5) minutos antes do horário estabelecido para verificação das condições e das fichas de jogo. Se necessário e se possível deverá abandonar o pavilhão depois de todos os jogadores prevenindo que eventuais atritos continuem para lá do final do jogo.

_____3.3.13 - Na falta de comparência da equipa de arbitragem as equipas envolvidas farão diligências pela seguinte ordem:

__________a) Se existirem membros de outras equipas da competição na assistência tentar-se-á assegurar a arbitragem do jogo;

__________b) Cada equipa indicará um elemento que esteja inscrito na ficha de jogo para arbitrar, devendo ser dada preferência ao Delegado e ao Capitão de equipa.

__________c) Caso uma das equipas se apresente apenas com cinco (5) elementos inviabilizando a alínea anterior, o jogo não se realizará.

__________3.3.13.1 - Independentemente da realização ou não do jogo, a falta de comparência da equipa de arbitragem incorrerá nas penalizações previstas no ponto 4.


3.4 - O incumprimento de qualquer regra estipulada no Regulamento da Liga SuperFutsal levará a uma derrota de 3–0 da equipa prevaricadora. A equipa de arbitragem dará conhecimento da sua decisão aos responsáveis das equipas e o jogo não se desenrolará.


4. Disciplina

4.1 - A equipa de arbitragem deverá ser composta, no mínimo, por 3 elementos, sendo que pelo menos um deles estará obrigatoriamente inscrito na equipa responsável por essa arbitragem. A restante equipa de arbitragem não tem necessariamente de estar inscrita, bastando que não inclua pessoas inscritas nas equipas em disputa nesse jogo, nem pessoas expulsas nesta ou anteriores edições da liga. Um ficará encarregue do tempo de jogo e do preenchimento da ficha de jogo assinalando faltas, acções disciplinares e golos e deverá fazer-se acompanhar de um cronómetro, mostrador de golos e faltas e de um apito para assinalar os tempos técnicos e o final da 1ª parte e do jogo. Este elemento deve-se posicionar no mesmo lado onde se encontram os bancos das equipas para as mesmas poderem acompanhar o tempo de jogo e a contabilização das faltas. Os outros dois elementos serão os árbitros, que se deverão fazer acompanhar do material para o efeito – apitos e cartões.

4.2 - A equipa de arbitragem deverá igualmente escolher no final do jogo o melhor jogador em campo de forma justa e imparcial! Do número de votos que cada jogador vai reunir no final da época será eleito um TOP 5 de jogadores. De seguida cada Responsável de cada equipa votará cada um desses jogadores de 1 a 5 valores. Desta última votação surgirá o Melhor Jogador da Liga SuperFutsal.

4.3 - A primeira falta de comparência de uma equipa de arbitragem terá as seguintes consequências:

_____4.3.1 - A equipa será penalizada em 3 pontos na Classificação da Liga SuperFutsal.

_____4.3.2 - Pagamento do Pavilhão da equipa da casa por transferência bancária para o NIB do Tesoureiro da LSF até à jornada seguinte, mais 50% do referido valor também por transferência, para ser entregue à equipa visitante.


4.4 – Em caso de reincidência em falta de comparência a uma arbitragem a equipa em causa será expulsa da Liga SuperFutsal!

4.5 - Se uma equipa de arbitragem se fizer apresentar com menos de 3 elementos aplicar-se-á as seguintes penalizações;
- Tendo apenas dois (2) elementos terá que pagar uma multa de 25% sobre o valor do Pavilhão da equipa da casa.
- Tendo apenas um (1) elemento perde dois (2) pontos na Classificação Geral e terá que pagar uma multa de 50% sobre o valor do Pavilhão da equipa da casa.


4.6 – Fica desde já estabelecida a obrigação da equipa de arbitragem assegurar o material necessário para que um jogo decorra sem limitações neste ponto, a saber: “Guia LSF”, Ficha de Jogo, três (3) apitos, dois (2) pares de cartões, um (1) cronómetro e um (1) marcador/mostrador de golos e faltas. 
Se a equipa de arbitragem nomeada para o jogo não se fizer acompanhar do material (obrigatório) para dirigir o jogo sofrerá uma Penalização de (1) um ponto na Classificação Geral da LSF.


4.7 - A ficha de jogo deverá ser publicada (se possível através de uma digitalização) até dois dias consecutivos (48 horas) após o encontro no próprio tópico criado para a realização do jogo. Haverá uma penalização de um 1,00€ (um euro) por cada dia de atraso. O valor desta multa deve ser pago por transferência bancária para o NIB da LSF. Os utilizadores responsáveis pela actualização das diversas tabelas deverão dar indicação, no mesmo tópico, que esse jogo já foi contabilizado para esses troféus.

4.8 - A expulsão de um jogador por acumulação de amarelos equivale a uma suspensão de 1 jogo. A expulsão por vermelho directo vale no mínimo 2 jogos de suspensão. Qualquer destes casos dará obrigatoriamente origem a um relatório detalhado dos acontecimentos por parte da equipa de arbitragem.
A equipa de arbitragem tem que enviar o relatório de jogo nas 48 horas seguintes à realização do jogo por MP ao Conselho de Disciplina, contendo uma descrição dos acontecimentos. Nos jogos realizados à 6ª feira, SEMPRE que haja jogadores Expulsos (apenas neste caso) as equipas de Arbitragem deverão enviar o mesmo Relatório nas 24 horas seguintes à realização do jogo, tambem por MP ao Conselho de Disciplina.
O não cumprimento desta regra implica uma multa de 5,00€ (cinco euros) por cada dia de atraso, valor que deve ser transferido para o NIB da LSF. O CD atuará conforme previsto no ponto 1.6 do presente Regulamento. Todos os desenvolvimentos de cada processo (relatório de equipa de arbitragem, defesa da equipa infractora e castigo aplicado) serão enviados por MP para todos os responsáveis da LSF após a publicação do castigo.


_____4.8.1 – A acumulação dos primeiros três (3) amarelos leva a um castigo de um (1) jogo. A partir deste ponto o castigo passa a ser aplicado ao fim de dois (2) amarelos. Duplos amarelos não contam para esta acumulação.


4.9 - Qualquer agressão física, mesmo que só tentativa, terá que ser punida com cartão vermelho directo. Os capitães e/ou responsáveis de cada equipa terão que se responsabilizar pelo controlo dos seus jogadores. Em caso de desordem os árbitros deverão dar por terminado o encontro. A equipa provocadora do tumulto (por indicação da equipa de arbitragem) verá os seus golos anulados ou, em caso de se verificar um empate a zero (0) a equipa prevaricadora perderá o jogo por 3 – 0. A outra equipa ganhará sempre no mínimo por 3 – 0 com estes golos a contar para os Golos Marcados. Caso tenha marcado algum golo será sempre considerado para a Classificação de Melhor Marcador e Melhor Ataque. 

4.10 - Um jogador que seja expulso por vermelho directo em consequência de agressão física fica automaticamente excluído das competições referentes à Liga SuperFutsal na época corrente (mesmo que inscrito por outra equipa). Haverá lugar a uma multa de 20€ para a equipa além de ficar automaticamente excluída da Classificação Fair Play. Poderá entrar em linha de conta gravações existentes do lance em causa. Tal poderá ter como consequência apenas o agravamento do castigo, nunca o atenuar. Apenas poderão ser transferidos (para outros jogadores) estes castigos se for comprovado no vídeo que o jogador acusado foi mal identificado pelo árbitro.
Os vídeos poderão ser carregados em servidores ou páginas específicas (ex. You Tube…) 
A inscrição de jogadores excluídos, em épocas seguintes, ficará pendente de aceitação por parte de todas as equipas que competiam à data desses acontecimentos.

4.11 - Qualquer outro acto de indisciplina não previsto no ponto anterior (que se prove verdadeiro por indicação da equipa de arbitragem/ficha de jogo) por parte dos jogadores levará a uma penalização de 20 pontos na Classificação Fair Play para a sua equipa e um castigo em que o número de jogos será estabelecido considerando a gravidade da situação e reincidência dos protagonistas. Haverá ainda lugar a uma multa de 10€. Poderá entrar em linha de conta gravações existentes do lance em causa. Tal poderá ter como consequência apenas o agravamento do castigo, nunca o atenuar.


4.12 - Qualquer acto de indisciplina por parte da equipa de arbitragem sobre os intervenientes no jogo, se se tratar de agressão ou tentativa de agressão, será penalizado com a IRRADIAÇÃO.
Caso não esteja inscrito não poderá voltar a arbitrar jogos na LSF.


4.13 - Ao Conselho de Disciplina caberá aplicar castigos de acordo com o regulamento da LSF, tendo a liberdade para julgar situações não especificadas neste regulamento de forma a zelar pelo bom funcionamento da LSF. 

_____4.13.1 - Situações de violência grave provocadas por vários elementos da mesma equipa poderão levar a exclusão dessa mesma equipa da LSF.

4.14 – Sempre que um jogo termine por tumultos entre jogadores ou entre jogadores e assistentes, qualquer que seja o tempo de jogo, deve tomar-se em linha de conta o seguinte:


_____4.14.1 – Se o resultado estava favorável a equipa infractora o resultado será anulado e a equipa Penalizada no mínimo com derrota de 3-0, qualquer que seja o número de golos da equipa adversária os mesmos serão contabilizados para a classificação geral e para o melhor marcador.

_____4.14.2 - Se o resultado estava favorável à equipa adversária da infractora os golos marcados são contabilizados para a classificação geral e melhor marcador. Serão anulados os golos da equipa infractora se os tiver marcado.

_____4.14.3 - Se o resultado estava empatado a 0-0 a equipa prevaricadora perderá por 3-0. Se empatado com golos, anulam-se os golos da equipa prevaricadora e validam-se os marcados para a equipa adversaria contabilizando-se os mesmos para a classificação geral e melhor marcador.
A equipa ou equipas prevaricadoras de tumultos num jogo serão automaticamente EXCLUIDAS da Classificação Fair-Play, se reincidentes EXCLUIDAS de todas as competições da LSF

4.15 – Faltas de comparência das equipas.


_____4.15.1 – Quando uma equipa na situação de VISITANTE não compareça a um jogo, se for a 1ª vez, será penalizada com o pagamento de montante igual ao custo do aluguer do Pavilhão à equipa adversária. Esta verba deverá ser entregue ao CD até ao final da semana seguinte. Se a falta de comparência ocorrer pela 2ª vez a equipa será imediatamente EXCLUIDA de todas as competições da LSF. 

_____4.15.2 – Quando uma equipa na situação de VISITADA não compareça a um jogo, se for a 1ª vez, será penalizada com o pagamento de €20,00 (Vinte Euros) à equipa adversária para compensar a deslocação. Esta verba deverá ser entregue ao CD até ao final da semana seguinte. 
Se a falta de comparência ocorrer pela 2ª vez, INDEPENDENTEMENTE DA COMPETIÇÃO, a equipa será imediatamente EXCLUIDA de todas as competições da LSF. 


_____4.15.3 – As equipas que façam falta de comparência aos jogos serão penalizadas com derrota por 3-0 e ainda penalizadas com dois (2) Pontos na classificação geral da LSF ou da Taça.

4.16 – Qualquer castigo de exclusão de elementos da LSF terá sempre direito a recurso por parte da equipa prevaricadora. O recurso apresentado será posteriormente analisado pelo CD que agirá em conformidade, todavia e se assim entender poderá pedir o parecer das equipas.

4.17 - Para efeitos da Classificação Fair Play serão atribuídos os seguintes pontos:

_____a) Faltas Acumuladas nos jogos 1 ponto
_____b) Cartão amarelo 5 pontos
_____c) Cartão vermelho por acumulação 8 pontos
_____d) Cartão vermelho directo 10 pontos.



5. Factores de Desempate

5.1 - Em caso de igualdade pontual entre duas ou mais equipas, deve-se ter em conta os seguintes critérios de desempate:

_____5.1.1 - A que tiver maior pontuação classificativa nos jogos disputados entre as equipas empatadas.

_____5.1.2 - A que tiver maior diferença entre golos marcados e sofridos nos jogos entre as equipas empatadas.

_____5.1.3 - A que tiver maior diferença entre golos marcados e sofridos no total dos jogos realizados
entre todas as equipas.


_____5.1.4 - A que tiver maior número de vitórias no total dos jogos realizados entre todas as equipas.

_____5.1.5 - A que tiver maior número de golos marcados no total dos jogos realizados entre todas as equipas.

_____5.1.6 - A que tiver menor número de golos sofridos no total dos jogos realizados entre todas as equipas.

_____5.1.7 - A que tiver menor número de infracções disciplinares (cartões) averbadas durante a
realização da competição.



6. Troféus

6.1 - Troféu de participação para todas as equipas da Liga SuperFutsal;

6.2 - Taça para Campeão da Liga SuperFutsal;

6.3 – Troféu Disciplina da Liga Superfutsal;

6.4 - Troféu para Melhor Marcador da Liga Superfutsal;

6.5 - Troféu para Melhor Jogador da Liga SuperFutsal;
O vencedor será eleito pelas equipas LSF, de entre um lote dos 5 jogadores com mais distinções de “Melhor em Campo”.

6.6 - Troféu para a Equipa com Melhor Defesa;

6.7 - Troféu para a Equipa com Melhor Ataque;

6.8 - Troféu para Melhor Equipa de Arbitragem;

6.9 - Troféu para Melhor Treinador;
O vencedor será eleito pelas equipas LSF.

6.10 - Troféu para Melhor Golo da Época; 
O vencedor será eleito pelas equipas LSF, de entre o lote de 22 golos da jornada.

6.11 - Troféu para Melhor Capitão da Época;
O vencedor será eleito pelas equipas LSF.

6.12 - Troféu para Melhor Guarda-redes da Época;
O vencedor será eleito pelas equipas LSF.

6.13 - Taça para o Vencedor da Taça da Liga SuperFutsal;

6.14 – Troféu para o finalista vencido da Taça da Liga Superfutsal;

6.15 – Troféu Disciplina da Taça da Liga Superfutsal;

6.16 - Troféu para Melhor Marcador da Taça da Liga Superfutsal;

6.17 - Troféu para Melhor Jogador da Final da Taça da Liga SuperFutsal;
O vencedor será eleito pela equipa de arbitragem da Final.

6.18 - Taça para o Vencedor da “Mini Taça” da Liga SuperFutsal.

6.19 - A votação dos troféus contidos nos pontos 6.5, 6.8, 6.9, 6.10, 6.11 e 6.12 deverá ser efectuada por todos os Responsáveis das equipas, em envelope fechado, no dia da Final da Taça e Mini-Taça. No final destes dois jogos, os envelopes serão abertos e as votações serão contabilizadas e conferidas por todos os Responsáveis, de forma a que não restem dúvidas.

6.20 - Só no troféu referido no ponto 6.5 (Melhor Jogador) é que as equipas poderão votar nos seus próprios jogadores. Em todos os restantes troféus sujeitos a votação, as equipas não têm permissão para votar nos seus próprios jogadores ou treinador.



7. Considerações Finais

7.1 - Não se deixem enganar pelo carácter formal deste documento. Os principais objectivos deste projecto são:
- Fazer novas amizades entre todas as equipas.
- Jogar futsal, uma vez que é um gosto mais que conhecido entre os rapazes, sem que ninguém se magoe.
- Organizar alguns convívios para confraternização, como já aconteceu!
No entanto, e como qualquer grupo estabelecido, teremos que nos reger por regras previamente estabelecidas.

7.2 – A Liga SuperFutsal e/ou as equipas organizadoras da mesma não serão responsabilizadas em casos de lesão, morte, ou qualquer outro tipo de incidente/acidente!

7.3 – No caso de situações omissas no Regulamento da Liga SuperFutsal, proceder-se-á à consulta e votação de todas as equipas da Liga. A decisão maioritária (mais de 50% dos votos) será a considerada para efeitos regulamentares.